quinta-feira, 18 de julho de 2013

Sabe ela?

Então, adora ser chamada de "minha", mas não gosta de possessividade. Gosta de ser puxada pela cintura. Já comeu e se arrependeu por ter comido demais. Já se sentiu mal com o próprio corpo, nem que por um segundo. Digitou um sms e se desesperou quando viu que realmente havia mandado. Já ligou e desligou na cara da pessoa por medo de dizer o que queria. Já se iludiu com um "oi". Já chorou por um idiota, e prometeu nunca mais amar ninguém - e cinco minutos depois estava lá lendo os sms’s e se derretendo toda. Ela tem um tênis "velho" que não consegue parar de usar, uma roupa apertada que não consegue jogar fora, uma música na playlist que não consegue apagar. Já chorou agarrada no travesseiro, riu até a barriga doer, principalmente quando não podia. Já dormiu pra esquecer, mentiu pra não perder, sorriu pra não chorar. Tem seu tipo de menino, mesmo que não assuma. Já brigou com a melhor amiga. Já quis dar um tapa na cara de alguma vadia do colégio. Já teve uma crise de ciúmes e já pensou em desistir de tudo. Ela é linda, do jeito que foi feita, com cada defeito, com cada qualidade, com cada mania irritante. E sem ela, o mundo não seria o mesmo. Sem ela, muitos sorrisos se apagariam. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário